Bibiana Graeff – Vocals, Lyrics and EFX
Paulo Beto – Programing, Bass and Synth
Apolônia - Synths, Sampler and electronic drums

Criada no fim dos anos 90 em São Paulo, Anvil Fx é uma formação que experimentou diferentes gêneros da música eletrônica produzida com sintetizadores analógicos. O grupo é hoje composto por Paulo Beto (baixo, sintetizador, vocais), Apolônia Alexandrina (sintetizador, octapad, sampler, vocais) e Bibiana Graeff, com seus vocais visceralmente incarnados. Em 2015, o então duo (Paulo Beto e Bibiana) lançava "Prova de Biologia" (Noise Democracy Records/Br e Daft Records/Be, o selo de Dirk Evans – Absolute Body Control / Dive). As faixas do próximo álbum, com letras em português e francês, foram compostas no contexto da crise política e institucional que assola o Brasil. Elas se inspiram no pós-punk brasileiro (As mercenárias, Divergência socialista), na New Wave francesa (Kas Product, Mathématiques Modernes, Deux) e no Neue Deutshe Welle ou New Wave alemã (DAF, Abwarts, Grauzone). Anvil Fx já dividiu o palco com Dive, Kas Product, Haujobb, Qual, As Mercenárias. No ano passado, o trio foi convidado no l’Étrange Festival (Paris, setembro/2018) para tocar trilha especialmente composta pelo grupo durante projeção do filme "Encarnação do Demônio" de Zé do Caixão, personagem do diretor José Mojica Marins.


PRÓXIMO SHOW:

CCSP 28 SETEMBRO: FUSION